Chamoim e Vilar

A União das Freguesias de Chamoim e Vilar foi criada após a reorganização administrativa de 2013, e juntou as antigas freguesias de Chamoim e de Vilar.

População Residente na União das Freguesias de Chamoim e Vilar

440 habitantes (2011)

 

Antiga freguesia de Chamoim

Nas Memórias Paroquiais de 1758, no séc. XVIII, o território concelhio era constituído por um corpo de 11 freguesias. O lugar de Sequeirós, na freguesia de Chamoim, apresentava-se como o local onde o concelho tinha a sua sede: «tem a sua casa em que se fazem as audiências (...) a que chamam Foral». A escolha de Sequeirós, em Chamoim, como sede do Concelho, deveu-se sobretudo aos interesses económicos que o senhorio donatário tinha na terra, como proprietário de terrenos e rendas.

Em toda a vertente que vai do fundo do rio Homem até ao extremo altimétrico do Castelo de Covide/Bouro, disseminam-se povoados rurais. Os arcaicos núcleos rurais e os seus lugares, dispersos pela encosta e encastelados nos montes - lugares de Frigueiras e Santa Comba - Sequeirós, Pergoim e Lagoa, com o seu património rural (os moinhos, os regadios, as levadas, os nichos religiosos, o miradouro do Alto do Espigão), apresentam-se como edificações rurais de grande interesse.

A igreja matriz situa-se no lugar de Lagoa, entre o povoado habitacional e tem como orago o Apóstolo Santiago. No largo fronteiro da matriz encontram-se as cruzes da via sacra e o cruzeiro feito de um miliário.

 

Identificação/Constituição dos aglomerados habitacionais

Chão de Pinheiro, Frigueira, Lagoa, Padrós, Pergoim, Santa Comba e Sequeiros.

População Residente

291 habitantes (2011)

Colectividades

Associação Cultural Recreativa e Desportiva de Chamoim e Junta de freguesia, sita no lugar da Lagoa.

Equipamento/Infra-estruturas sociais e educativas

Escola do 1º ciclo de Chamoim e Centro Cultural.

Animação Cultural

Trilho Pedestre dos Moinhos e Regadios Tradicionais
Duração: 4 horas
Distância: 9 km
Ponto de Partida /Chegada: lugar da Lagoa – Chamoim

Festas e Romarias

S. Tiago, Senhora das Dores e Senhor dos Aflitos (último Domingo de Julho), Santa Comba (Setembro), S. Lourenço (Agosto), S. Bartolomeu (Agosto), N.ª Senhora da Conceição (8 de Dezembro) e Santa Lúzia (Dezembro).

Património Histórico-cultural

O conjunto de moinhos-de-água, cujas construções de traça arquitectónica de alvenaria popular portuguesa, contribuem para o embelezamento da paisagem natural e edificada. Estes engenhos de cunho popular têm uma construção rudimentar, de pequenas dimensões, apresentam-se como construções que evidenciam uma sabedoria popular singular que, juntamente com as paisagens bucólicas onde se enquadram e com as suas gentes, guardam repertórios de histórias vividas. As linhas de água, as levadas, os poços, o sistema de rega e os moinhos-de-água, no seu conjunto, constituem autênticas relíquias da arquitectura popular de tempos remotos.

Actividades económicas

Agro-pecuária, construção civil, comércio, restaurante, empresa da Água do Fastio, artesanato.

 

Antiga freguesia de Vilar

A localidade de Vilar, também conhecida por Vilar de Chamoim, situa-se na margem esquerda do rio Homem. Com uma existência bastante longa, da sua história e do legado romano diz-se que fora domínio de uma “civitas”. A matriz de orago Santa Marinha, data de 1779 e foi padroado do mosteiro de Rendufe, no concelho de Amares.

De capelas predominam a de S. Bento, no lugar de Travassos, a de N.ª Senhora do Fastio e o calvário do Senhor dos Aflitos, situadas nas proximidades da igreja.

 

Identificação/Constituição dos aglomerados habitacionais
Barral, Costa, Cruzes, Mota, Outeiro, Paço, Paredes, Travassos e Vilar.

População Residente
149 habitantes (2011)

Colectividades
Conselho Directivo do Baldio e Junta de Freguesia

Equipamento/Infra-estruturas sociais e educativas
Escola do 1º ciclo e Junta de freguesia.

Festas e Romarias
N.ª Sr.ª do Livramento, no 1º Domingo de Julho.

Actividades económicas
Agro-pecuária, comércio, construção civil, entre outras.]

 

 

© Câmara Municipal de Terras de Bouro 2015, Todos os direitos reservados.

Praça do Município - Moimenta, 4840-100 Terras de Bouro | Telefone 253 350010 | Fax 253 351894 | geral@cm-terrasdebouro.pt

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização. mais informação