Bem-vindo à página oficial da Câmara Municipal de Terras de Bouro

Nota à navegação com tecnologias de apoio h2

Nota à navegação com tecnologias de apoio h3

Saltar para o conteúdo (tecla de atalho 1)

Palestra "Educar para o Direito" decorreu a 15 de janeiro na Vila do Gerês

No âmbito do Plano Integrado e Inovador de Combate ao Insucesso Escolar do Cávado, o Município de Terras de Bouro,  numa parceria com a CPCJ de Terras de Bouro e o Agrupamento de Escolas de Terras de Bouro, promoveu a realização de uma palestra alusiva à seguinte temática “Educar para o Direito”.

1

A sessão, que contou com a presença da Vereadora Drª Ana Genoveva Araújo, realizou-se no dia 15 de Janeiro no Auditório Prof.  Dr. Emídio Ribeiro, Vila do Gerês e contou com a participação de 150 alunos do 9º ano e ensino secundário. Este projeto, desenvolvido pela Dra. Paula Varandas, advogada que exerce funções no direito de família há 24 anos, surgiu em 2016  quando esta percebeu que o número de crianças e jovens com problemas na justiça aumentava exponencialmente. Desde então, já fez mais de 500 palestras pelo país todo, em escolas públicas e privadas para uma audiência total que estima em mais de 60 mil estudantes.  A par da justiça penal, o projeto visa assim concretizar objectivos da prevenção geral ao mostrar aos jovens casos reais e a gravidade de condutas ilícitas e respectivas consequências penais. Foram abordados temas como a violência no namoro, o top dos crimes mais cometidos por jovens e as consequências dessas acções. A Dra. Paula Varandas conseguiu cativar a atenção da audiência com a utilização de uma linguagem adequada à população juvenil, sendo que, o feedback dos alunos foi muito positivo. As temáticas apresentadas foram claramente de encontro às expectativas que tinham sido criadas para a palestra.

Esta atividade revelou-se muito pertinente, pois com as recentes alterações das políticas educativas, nomeadamente: perfil do aluno à saída da escolaridade obrigatória, o Dec. Lei 54/2018 referente à Educação Inclusiva, o Dec. Lei 55/2018, referente à autonomia e flexibilidade curricular, à estratégia nacional de educação para a cidadania, a escola precisa diversificar as suas práticas para a promoção do sucesso escolar. O sucesso escolar assenta em três pilares: valores, áreas de competências e princípios. É importante refletir sobre o que é a cidadania e como podemos formar cidadãos responsáveis e ativos.  É importante que os alunos adquiram ferramentas indispensáveis para o exercício de uma cidadania plena, ativa e criativa na sociedade. A realização desta atividade revelou-se perfeitamente enquadrada nestas novas políticas educativas.

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização. mais informação